Seja Bem-Vindo ao meu site. É direcionado ao Radioamadorismo,e Mensagens de otimismo. Espero que vocês gostem. Para que possamos aprimorar mais ainda nosso site, deixe um comentario no final de cada postagem , lá embaixo: ⇩ . Obrigado...Edivaldo PY4BO
Clique aqui: Para ouvir a radio Teófilo Otoni AM

quarta-feira, 28 de novembro de 2012

CHUVA 29/11/2012 EM TEÓFILO OTONI

Atualmente as chuvas tem castigado a cidade de Teófilo Otoni,  
dia 28/11/2012, caiu uma chuva pesada, que causou danos à população. Veja algumas fotos: 
Edivaldo PY4BO

ALERTA TEOFILO OTONI
Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket
Photobucket Photobucket Photobucket Photobucket

Postado por: PY4BO  Edivaldo

CÓDIGO DO RADIOAMADOR - etica



CÓDIGO DO RADIOAMADOR:
PRIMEIRO: O radioamador é atencioso e ponderado... Conscientemente ele jamais usará sua estação para prejudicar a atividade dos demais colegas ou de alguma forma que possa diminuir-lhes a satisfação em operar.
SEGUNDO: O radioamador é leal... Ele oferecerá sua lealdade, encorajamento e apoio a seus companheiros, ao seu rádio clube local e à sua Liga Nacional, através da qual o radioamadorismo é representado.
TERCEIRO: O radioamador é progressista... Ele manterá sua estação no nível do conhecimento científico, conservando-a bem instalada e eficiente. Sua prática operacional deverá ficar acima de qualquer censura.
QUARTO: O radioamador é amistoso... Transmitir lenta e pacientemente, quando solicitado; aconselhar amigavelmente e orientar o principiante; prestar gentil assistência e colaboração; considerar e cooperar com o interesse alheio - estas são as marcas do espírito radioamadorístico.
QUINTO: O radioamador é equilibrado... O rádio é seu hobby. Ele nunca permitirá que o seu passatempo interfira em quaisquer de seus deveres e obrigações domésticas, profissionais, escolares ou que tenha para com a sua
SEXTO: O radioamador é patriótico... A sua estação e o seu conhecimento estarão sempre disponíveis e a serviço do seu país e de sua comunidade.
ÉTICA OPERACIONAL
1.Antes de fazer um CQ, certifique-se que a QRG esta desocupada.
2.Quando você contestar um CQ, sintonize seu equipamento "bit zero" na QRG do colega, a fim de facilitar sua recepção. A única exceção a essa regra ocorre no caso de operação "split", previamente anunciada. Além disso, tenha em mente que nossas faixas cada vez mais estão se tornando pequenas diante do crescente número de amadores.
3.O coordenador da Rede ou Rodada é o responsável pelo fato de ser a mesma conduzida de maneira ordenada e cortês e que não perturbe outros comunicados.
4.Nenhuma rede ou operador individual tem o direito exclusivo a uma frequência específica, a menos que esteja conduzindo tráfego de emergência. O uso pertence àquele que a está ocupando no momento.
5.Não interrompa no meio de uma conversação, se você pretende fazer uma chamada a outra estação ou pretende juntar-se ao grupo, ou rodada. Espere, ao menos, até que o câmbio da estação que está com a palavra termine e, só então anuncie seu indicativo de chamada depois que a estação que estiver transmitindo desligar o PTT ou VOX. O uso do "break" só é permitido em casos de comprovada emergência.
6.Identificar uma estação com "BOA TARDE", "BOM DIA", "ESTOU CHEGANDO AÍ?", etc., não são formas aceitáveis de identificação. Sempre provocam um retorno inútil de câmbio, que poderia ser evitado, por exemplo: "BOM DIA DE QUEM?", "QUEM CHAMOU?" e, por aí afora.7.Você não precisa identificar-se a cada passagem de câmbio; faça-o a cada 5 minutos, no máximo, bem como no início e no fim de um QSO. Estas regras são aceitas internacionalmente.
8.Se você achar que uma nova estação que chegou à freqüência não sabe quem você é, por bom procedimento operacional e por cortesia, dê-lhe seu indicativo de chamada e nome.
9.A estação, pela ordem, está para usar a freqüência, é a única estação que deve atender a esta que está para entrar na freqüência (a que chamou e se identificou). A razão para isso é que a próxima estação a ocupar a freqüência será a próxima a falar. Porque então não deixar para essa estação atender aquela que esta para entrar na QRG?
10. Mesmo que a estação que se identificou seja de seu melhor amigo, se não é a sua vez de falar, não entre na QRG, não o cumprimente, não lhe dirija a palavra. Espere a sua oportunidade de falar dentro da seqüência natural.
11. É sinal de prática operacional deficiente deixar a freqüência "a quem de direito" pois, normalmente gera certa confusão logo após.
12. É extremamente desagradável desenvolver uma conversação bilateral em uma rodada, com os demais a parte.
13. Nunca faça comentários ou observações durante a conversação de outros. É deselegante.
14. Nunca tente transmitir "sobre" outra estação. Primeiro porque é ilegal e, segundo, porque prejudica a todos, pois nenhuma das estações será compreendida.
15. Se você pensa que esta modulando juntamente com outra estação, desligue o PTT ou VOX e ouça para certificar-se.
16. Se uma estação é cedida a QRG para fazer uma chamada, e a estação chamada se faz presente, a conversação entre elas deve ser a mais breve possível ou ambas as estações devem mudar de QRG, a menos que os demais não façam restrições que a conversação se desenvolva naquela mesma QRG.
17. Use frases elegantes em sua conversação. Evite palavreado chulo, palavras e ou jargão de sentido duvidoso e impróprio das bandas de amador de forma que não venha ferir a suscetibilidade dos que estão escutando.
18. Lembre-se que sua transmissão está sendo ouvida por muitos radioescutas, inclusive não radioamadores com monitores e rastreadores de banda. Do que disser nas faixas dependerá o conceito que cada ouvinte fará do radioamadorismo brasileiro.
19. Não interrompa quem está falando, salvo se tiver algo muito importante a acrescentar. Interromper não é mais educado em rádio do que pessoalmente.
20. A palavra "break" é estritamente reservada para tráfego de emergência.
21. Não extravase sentimentos negativos pela faixa quando uma medida ou atitude dos órgãos diretivos não lhe agradar, ou quando uma falha administrativa causar dissabor . Procure diálogo com sinceridade.
22. Evite enfileirar-se com os que, por motivos inconfessáveis, procuram tudo para denegrir e aviltar.
23. Não opere em freqüências que não lhe são permitidas.
24. Os comunicados devem ser amistosos e compreensivos. A maneira de fazer as coisas é tão importante quanto as coisas que devem ser feitas.
25. Ajude aos menos experientes. Faça de uma forma elegante, desinteressada e pacientemente.
26. Mantenha-se permanentemente atualizado com a legislação radioamadorística. Tenha sempre presente os termos em que lhe foi conferido o privilegio de ser radioamador.27. Não utilize as faixas para propaganda de atividade comercial ou política. Abstenha-se também de atos que se caracterizam como mercantilizarão de radioamadorismo. Além de ser ilegal, sua conduta está sendo observada pelos companheiros.
28. Guarde sigilo quanto às comunicações eventualmente ouvidas em outras faixas, que não as de amador.
29. Evite fazer crítica a outros modos de transmissão pelo fato de não ser dedicada a esta ou aquela modalidade operacional.
30. Cada radioamador tem o direito de procurar alcançar os objetivos legalmente abrangidos pela sua licença. Contudo tem o dever de evitar os inconvenientes ou o desprazer que possa causar a outrem.
31. Se há um estreito segmento de faixa que é utilizado para comunicados internacionais, não é descabido solicitar que os bate-papos locais sejam efetuados fora desse segmento de DX.
32. Respeite os segmentos de bandas destinados às diversas práticas operacionais. Há espaço suficiente para a convivência harmoniosa e pacífica de todas as modalidades radioamadorísticas.
33. Nos bate-papos locais diários dê preferência para a utilização das bandas baixas (40 e 80 metros) ou, então, as bandas de VHF/UHF.
34. Normalmente os comunicados a longa distância tem preferência sobre os comunicados locais.
35. Se você tiver necessidade de um QSO mais demorado, será demonstração de camaradagem e consideração aos demais colegas procurar uma janela dos segmentos de DX.
36. QRM zero é coisa que não se pode pretender no radioamadorismo. Sempre haverá um ou outro QRM neste ou naquele QSO, devido ao congestionamento das faixas o que não é motivo para descarregar na QRG frases e/ou palavras ácidas. Se você sempre quer comunicado livre de interferências, o radioamadorismo, talvez, não seja a opção mais adequada.
37. O trote pela QRG, embora seja gozado para quem o pratica, por outro lado predispõem a outra parte a ficar desconfiada, insegura e sempre na expectativa de um novo trote. Isto poderá fazer com que, em situações emergenciais , ela não acredite naquilo que esteja ouvindo.
38. Se você perceber que um colega iniciou a contestação em CQ, espere o resultado da contestação. Conforme a atuação do colega que chamou o CQ, respondendo ou não à contestação, caberá então a você fazer sua chamada.
39. Se você tem uma estação "poderosa" deve ser o primeiro a colaborar para que todos "tenham sua vez". Será fácil para você aguardar o término do contato já estabelecido, torcer por ele e, depois, então caçar a figurinha. O companheiro do contato anterior vai ficar contente com o colega que teve a consideração de aguardar o término de seu QSO.
40. É extremamente desagradável ouvir que este ou aquele colega impediu ou dificultou o outro com QRM ou sinais de sua estação.
41. Evite criticar pela faixa, ou então comentar assunto de que não tem real conhecimento. A crítica pela faixa pode assumir graves proporções e causar males irreparáveis.
42. Na ânsia de faturar um QSO, evite atropelar indevidamente a QRG fazendo-se presente antes de concluído o contato anteriormente estabelecido.
43. Nos DX e "pile-up", respeite a ordem natural dos QSO. Evite atender a pedidos de "ouça um amigo". Em casos excepcionais essa prática poderá ser admitida apenas se a estação favorecida for QRP.44. Em CW use os sinais internacionalmente recomendados, principalmente no término de cada câmbio a fim de evitar que escutas impacientes possam prejudicar o QSO.
45. Quando uma estação faz um CQ dirigido acrescentando a zona geográfica com a qual pretende contatar (CQ Ásia, CQ Europa, etc.) somente se pode contesta-la quando se estiver na região ou país indicados por quem efetuou a chamada. Caso contrário só irá atrapalhar, pois ele precisa daquele local para seu esquema de operação.
46. Faça sempre saber que você evita contatar com estações que sejam violadoras habituais dos preceitos básicos de ética operacional.
47. Considera-se que um comunicado é válido quando as duas estações tenham trocado os indicativos e as reportagens de forma correta.
48. Respeite as freqüências das Expedições de DX. Evite entrar em sua QRG em total desacordo com as normas de boa operação e da éticas radioamadorística. Muito esforço foi previamente desenvolvido até conseguir chegar "ao ar". Os operadores trabalham em condições difíceis, tem que ser verdadeiros malabaristas para atender milhares de chamados do mundo inteiro. Os equipamentos muitas vezes ficam em cima de pedras ou mesmo o chão, os expedicionários se alimentam a base de conservas, passam noites mal dormidas, são perturbados por insetos e, tudo isso para proporcionar ao resto do mundo a oportunidade de faturar mais uma figurinha ou um novo país para o DXCC.
49. Seja breve, preciso e conciso nos contatos DX. Nos "pile-up", então, dê o indicativo, reportagem e... nada mais.
50. Em CW nunca transmita acima da velocidade com que foi contestado.
51. Não faça CQ intermináveis. Faça chamadas curtas. A maioria dos operadores de CW faz QSY ao ouvir CQ intermináveis.
52. Estabelecido o contato cite os indicativos uma ou no máximo duas vezes.
53. Repita somente palavras e dados "chave". Não transmita em QRZ (repetição de todas as palavras).
54. Em telegrafia respeite os espaços, não emende letras. O ritmo é mais importante que a velocidade. Lembre-se, nossas faixas destinam-se a amadores.
55. Não se preocupe em transmitir depressa. Use cadência moderada, porém, a mais perfeita possível. Um telegrafista é julgado também pela sua capacidade de receber e não apenas pela sua velocidade e cadência de transmitir.
56. A operação CW em alta velocidade pode e deve ser utilizada, desde que ambas as estações estejam em condições de faze-lo e se entendam perfeitamente.
57. Quando ouvir em CW um colega emitir as letras CL em final de QSO, não insista. Será falta de cortesia para com a outra estação que já declarou sua intenção de fazer QRT.
58. Jamais faça interrogatório quando contatar com um indicativo especial. A única pergunta cabível é "PSE MANAGER?", ou "QSL INFO?" para saber por intermédio de quem devemos mandar QSL.
59. Entretanto, em um "pile-up" isso deve ser evitado, pois a estação DX sempre passa os dados do respectivo MANAGER. Imagine como ficaria o rendimento da estação DX se a cada contato tiver que informar o QSL MANAGER.
60. Escute bastante antes de tentar "faturar" uma figurinha. Ao se defrontar com um "pile-up" evite oferecer o próprio indicativo sem antes saber de quem se trata e... depois perguntar "PSE UR CALL?".61. Se a estação DX opera em SPLIT e você não tem condições de fazê-lo, esqueça a figurinha, senão ficará perturbando os outros com sua chamada sem a mínima possibilidade de contato.
62. Não use o início de cada sub-faixa para contestes, contatos QRS ou bate-papo local, pois, são nessas QRG que se realizam as DXpedições ou operam as figurinhas cobiçadas.
63. Não entre em cima de colega que já iniciou a contestação a um CQ. Se vocêpercebeu que um colega já iniciou a contestação a um CQ, espere o resultado. Conforme a atuação da estação que fez o CQ, caberá então a oportunidade de sua chamada.
64. Antes de acessar uma repetidora, primeiro escute para familiarizar-se com as características de seu funcionamento. Para iniciar um contato comunique que você está na freqüência informando seu indicativo de chamada.
65. Não é bom procedimento "disparar" uma repetidora (transmitir uma portadora não modulada) sem identificar-se, posto que irá acionar desnecessariamente a mesma.
66. Faça uma pausa entre as transmissões. Isto permite que outros radioamadores também comuniquem a presença na freqüência.
67. Mantenha transmissões curtas e meditadas. O monólogo pode impedir que alguém com uma emergência utilize a repetidora. Se o monólogo for suficientemente longo, pode consumir o tempo do temporizador.
68. Utilize comunicados simplex, sempre que possível. Se puder terminar um QSO em uma freqüência direta, não há necessidade de manter a repetidora ocupada e impedir que outros a utilizem.
69. Utilize a mínima potência para manter a comunicação. Além de não forçar o
equipamento, minimiza a possibilidade de acionar outra repetidora mais distante que porventura utilize a mesma freqüência.
70. Muitas repetidoras estão equipadas com "auto-patch" (conexão com a rede telefônica) que, certamente utilizado proporciona muitas facilidades. Entretanto, os abusos do privilégio do "auto-patch" podem levar à sua perda.
71. Embora instaladas no alto de torres, edifícios e montanhas, as repetidoras não caem do céu. O equipamento, as antenas, cabos coaxiais, alimentação, etc., são montados e mantidos com consideráveis gastos. Geralmente um grupo, ou, excepcionalmente, uma pessoa são os responsáveis pela instalação e manutenção. Se você deseja utilizar uma repetidora de sua região, entre em contato com a pessoa responsável ou grupo que a mantém. Sem apoio financeiro, além de não haver expansão as repetidoras existentes perderão ser desativadas.
72. Os princípios éticos são a base de um radioamadorismo sadio, fraterno e construtivo e visam proporcionar a harmonia e o entusiasmo humano.
73. Lembre-se que o radioamadorismo é um continuo processo de aprendizado. Nós aprendemos através de instruções e exemplos.
74. Todos temos o dever de evitar que as autoridades de comunicações nos venham a ensinar o que já deveríamos ter aprendido na convivência com pessoas educadas.
75. Os radioamadores devem conduzir-se nas faixas com integral respeito às normas legais, sobretudo as que regulam o Serviço de Radioamador.
76. Nossas obrigações perante aos demais colegas radioamadores não se limitam apenas a dispositivos regulamentares. Mais importante é o uso do bom senso e de cortesia recíproca, ao compartilharmos as freqüências que nos são destinadas.

fonte: http://www.reisinfor.com.br/ebook514/Varios/Montando%20uma%20Radio%20Amadora/Etica%20Operacional%20no%20Radioamadorismo.pdf


Edivaldo  PY4BO   - Radioamador de Teófilo Otoni - Minas Gerais

sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Radioamadores famosos no mundo


Radioamadores famosos

1.      JUSCELINO KUBITSCHEK (SK) - PY4JKO - EX-PRESIDENTE DO BRASIL
2.      BILL CLINTON – W4BVX – EX-PRESIDENTE NORTE-AMERICANO
3.      JIMMY CARTER – KB5DQM – EX-PRESIDENTE NORTE-AMERICANO
4.      JUAN CARLOS I DE BORBÓN - EA0JC - REI DA ESPANHA
5.      ANTON DE ABSBURGO – ARQUIDUQUE DA ÁUSTRIA (SK) – OE5AH
6.      REI HUSSEIN DA JORDÂNIA (SK) – JY1
7.      AINHA NOOR HUSSEIN DA JORDÂNIA – JY1NH
8.      PRÍNCIPE HASSAN DA JORDÂNIA – JY2HT
9.      PRÍNCIPE RAAD DA JORDÂNIA - JY2RZ
10.    REI HASSAN II DO MARROCOS - CN8MH
11.    PRÍNCIPE TALAL DA ARÁBIA SAUDITA - SU1VN
12.    REI BHUMIPHOL ADULAYADEJ DA TAILÂNDIA – HS1A
13.    SÃO MAXIMILIAN KOLBE (SK) – SP3RN - PADRE CANONIZADO COMO SANTO EM 1982
14.    QABOOS BIN SAID AL-SAID – A41AA - SULTÃO DE OMAN
15.    TALAL BIN ABDULAZIZ - HZ1TA – PRÍNCIPE DA ARÁBIA SAUDITA
16.    PRINCIPE WALEED BIN TALAL BIN ABDEL AZIZ DA ARABIA SAUDITA - HZ1TC
17.    PRINCIPE TITIPHAN DA TAILANDIA - HS1LY
18.    PRINCIPE YOUSUF AL-SABAH DO KUWAIT - 9K2CS
19.    PRÍNCIPE ALBERT GRIMALDI DE MÔNACO - 3A0AG
20.    PALDEN THONDUP NAMGYAL (SK), REI DE SIKKIN – AC3PT
21.    PRÍNCIPE MAHMUD REZA PAHLAVI (SK) – FILHO DO SHAH DO IRÃ – EP1MP
22.    REI FAISAL GHAZL (SK) – REI DO IRAQUE – Y15KG
23.    KEIZO OBUCHI – EX-PRIMEIRO MINISTRO DO JAPÃO - JI1KIT
24.    FRANCESCO COSSIGA – I0FCG – EX-PRIMEIRO MINISTRO DA ITÁLIA
25.    RAJIV GANDHI – VU2RG - EX-PRIMEIRO MINISTRO DA ÍNDIA
26.    SONIA GANDHI – ESPOSA DE RAJIV GANDHI – VU2SON
27.    GENERAL ANASTÁSIO SOMOZA (SK) – YN1AS – EX-PRESIDENTE DA NICARÁGUA
28.    GENERAL AUGUSTO PINOCHET (SK) – CHILE - CE3GP
29.    EMIL LAHOUD – EX-PRESIDENTE DO LÍBANO - OD5LE
30.    GEORGE PATAKI – EX-GOVERNADOR DE NEW YORK - K2ZCZ
31.    CARLOS SAUL MENEM - LU1SM - EX-PRESIDENTE DA ARGENTINA
32.    RACHEL DE QUEIRÓZ (SK) – PT7ARQ – ESCRITORA BRASILEIRA
33.    DR. JOSEPH H. TAYLOR JR. – K1JT – PREMIO NOBEL DE FÍSICA EM 1993
34.    DR. RUSSELL HULSE – WB2LAV - PREMIO NOBEL DE FÍSICA EM 1993
35.    RODOLPHO VALENTINO (SK) – KN6NT – ATOR
36.    ELIZABETH TAYLOR – W7WYV – ATRIZ
37.    ROY ROGERS - KB1EQ – ATOR
38.    MARLON BRANDO (SK)– ATOR- FO5GJ
39.    ARTHUR A. COLLINS (SK) - W0CXX
40.    AMYR KHAN KLINK – EXPLORADOR – PY2KAQ
41.   RADIVOJE LAZAREVIC – EX-EMBAIXADOR DA YUGUSLÁVIA NO BRASIL - PT2ZAA / YU1RL
42.    ALLAN FAIRHALL – ESTADISTA AUSTRALIANO – VK2KB
43.    MICKEY SCHULHOF – SONY USA – K1OKI
44.    WALTER CRONKITE - JORNALISTA – KB2GSD
45.    JOHN SCULLEY– CEO DA APPLE– K2HEP
46.    JOE WALSH – O MAIS RÁPIDO ATIRADOR DO MUNDO - KB2LHI
47.    LARRY FERRARI – MÚSICO E APRESENTADOR DE TV - WA2MKI
48.    JEAN SHEPARD JR – APRESENTADOR DE TV - K2ORS
49.    JOEL MILLER – PROCURADOR PÚBLICO - W2TQ
50.    CHET ATKINS – CANTOR E COMPOSITOR - W4CGP
51.    RONNIE MILSAP – CANTOR E COMPOSITOR - WB4KCG
52.    DAVID FRENCH – JORNALISTA DA TV - N4KET
53.    ARTHUR GOD FREY – APRESENTADOR DE TV -K4LIB
54.    GORDON BARNES – METEOROLOGISTA - KC4OCA
55.    RALPH HALLER – DIRETOR DO FCC - N4RH
56.    LARNELLE HARRIS – CANTOR COUNTRY – WD4LZC
57.    WORTH GRUELLE – ESCRITOR – W4ZG
58.    PAUL W. TIBBETS – HERÓI DE GUERRA - K4ZVZ
59.    JOE WALSH – CANTOR E COMPOSITOR - WB6ACU
60.    ROY NEAL – APRESENTADOR DE TV - K6DUE
61.    ERNEST P. LEHMAN – ATOR E DIRETOR - K6DXK
62.    GENERAL CURTIS LEMAY – HERÓI DE GUERRA - W6EZV
63.    STU COOKS – JOGADOR DE BASEBAL - N6FUP
64.    LAURA COOKS – ESPOSA DE STU COOKS - N6GGM
65.    STEWART GRANGER – ATOR - N6KGB
66.    JEANA YEAGER – PILOTO E AVENTUREIRA - KB6LQR
67.    DICK RUTAN – PILOTO E AVENTUREIRO - KB6LQS
68.    BARRY FRIEDMAN – CAMPEÃO DE ILUSIONISMO - AI6M
69.    ART BELL – RADIALISTA - W6OBB
70.    PAUL COHEN – MATEMÁTICO - KB6OLJ
71.    ROGER MAHONY – CARDEAL - W6QYI
72.    HERBERT HOOVER JR – FILHO DO EX-PRESIDENTE DOS EUA - W6ZH
73.    NOLAN BUSHNELL – PIONEIRO DA IND. INFORMÁTICA E FUNDADOR DA ATARI - W7DUK
74.    BARRY GAOLDWATER – SENADOR DOS EUA - K7UGA
75.    MARSHALL MORAN – MISSIONÁRIO - 9N1MM
76.    HARRY ANGEL (SK) – RADIOAMADOR MAIS VELHO DO MUNDO, COM 106 ANOS - VK4HA
77.    GUILHERMO CAMARENA – INVENTOR DO CINESCÓPIO A CORES - XE1GC
78.    JORGE VARGAS – CANTOR - XE1MMM
79.    BILL PUTMAM-ENGENHEIRO DE AUDIO -PROPRIETÁRIO DA UNIVERSAL AUDIO-WA6PUK

ASTRONAUTAS E COSMONAUTAS

1.      UA1LO - Iuri Alieksieievitch Gagarin (SK) – primeiro cosmonauta soviético
2.      7L2NJY MAMORU MOHRI
3.      DD6CF REINHARD FURRER (SK) Payload Specialist
4.      DF4TR THOMAS REITER
5.      DG1KIH HANS SCHLEGEL PS
6.      DI31KIM ULRICH WALTER PS
7.      DG1MIR HELEN SHARMAN
8.      DG2KM ERNST MESSERRSCHMID PS
9.      DL3LUM JOERG HAHN
10.    DP0MIR KLAU-DIETRICH FLADE
11.    F5MIR MICHAEL TOGNINI (KD5EJZ)) Mission Specialist
12.    ON1AFD DIRK FRIMOUT PS
13.    ON1DWN FRANK DE WINNE
14.    PE1LFO WUBBO OCKELS PS
15.    RK3FU SERGEI TRESCHEV
16.    RK3FZ VALERY KORZUN, COMMANDER
17.    RV3DR SERGEI SAMBUROV - CHIEF COSMONAUT AMATEUR RADIO DEPT
18.    RV3FB NIKOLAI BUDARIN, FLIGHT ENGINEER
19.    RW3FU YURI USACHEV COMMANDER
20.    RZ3FK VALERY KORZUN CREW COMMANDER
21.    RZ3FU SERGEI TRESCHEV FLIGHT ENGINEER
22.    U1MIR VLADIMIR TITOV
23.    KD5AOS VLADIMIR TITOV
24.    U5MIR SERGEI KRIKALEV – COS
25.    U2MIR MUSA MANAROV (RV3AM)
26.    U3MIR VALERY POLYAKOV
27.    UV3AM MUSA MANAROV
28.    U4MIR ALEKSANDR VOLKOV
29.    U6MIR ANATOLY SOLOVOV
30.    U7MIR ALEXANDER BALANDIN
31.    U8MIR ALEXANDER KALERI
32.    U9MIR ALEXANDER VIKTORENKO
33.    RV3DW SERGEI AVDEYEV
34.    N3TQA SAM DURRANCE, OS
35.    KE41QB CHARLES BOLDEN CDR
36.    N4BQW CHARLES E. BRADLY, JR MS
37.    W4NYZ JOHN DAVID F. BARTOE OS
38.    WA4SIR RON PARISE OS
39.    KB5AWP KEN CAMERON CDR
40.    KC5ACR BILL MC ARTHUR MS
41.    KC5AXA MARTIN FETTMAN OS
42.    KC5BTK JANICE (VOSS) FORD MS
43.    KC5ETH RONALD SEGA, PHD MS
44.    KC5HBR JERRY LINENGER MS
45.    KC5KII WENDY LAWRENCE MS
46.    KC5RNI JAMES HALSELL MS
47.    KC5RNJ CHRIS HADFIELD MS
48.    KC5RSY SCOTT PARAZYNSKI MS
49.    W5LFL OWEN GARRIOT MS
50.    N5RAW STEVE NAGEL DR
51.    N5RAX LINDA (GODWIN) NAGEL MS
52.    N5SCW JERRY ROSS MS
53.    KB5SIX ELLEN BAKER, DR. MS
54.    KB5SIW RICHARD RICHARDS DR
55.    KC5TIE CARL WALZ MS
56.    KC5TZQ JOHN BLAHA DR
57.    KB5TZZ ELLEN OCHOA, PH. D. MS
58.    KB5UAC COLIN "MIKE" FOALE, PHD. MS
59.    KB5UAH KEN COCKERELL DR
60.    KC5FVF DONALD THOMAS MS
61.    KC5VPF DAVID WOLF
62.    KC5ZSU LAURA CLARK, DR.
63.    KC5ZTD PEGGY WHITSON
64.    KD5JBP KEN BOWERSOX COMMANDER
65.    KD5MDT DON THOMAS SCIENCE OFFICER
66.    KD5OPQ FRANK CULBERTSON COMMANDER
67.    N5WQC DAVID LEESTMA MS
68.    N5WQW BRIAN DUFFY DR
69.    KB5YSQ CHARLES PRECOURT DR
70.    KB5YSR STEVE OSWALD CDR
71.    KC5MGA WILLIAM GREGORY PS
72.    KC5MGF TAMARA JERNIGAN MS
73.    KC7NHZ SUSAN HELMS
74.    KD5CHF ANDREW THOMAS
75.    N5YYV KATHRYN D. SULLIVAN MS
76.    W0ORE TONY ENGLAND MS
77.    KC5ZTA KOICHI WAKATA – Astronauta Japonês
78.    N5QWL JAY APT MS, hoje diretor do Carnegie Museum de Historia Natural
79.    KG6FZX DENNIS TITO, primeiro “passageiro” civil a viajar no espaço a bordo ISS
80.    PY0AEB – Marcos Cesar Pontes – primeiro “passageiro” brasileiro a viajar no espaço


Foto do Rei Hussein, Rei da Jordânia (JY1). Grande DXista na faixa dos 40 metros,
Rei Hussein costumava realizar grandes DX's nos desertos. Foto cedida pela IARU


Foto do Rei Juan Carlos I de Borbón, Rei da Espanha (EA0JC). Considerado um
excelente DXista, o Rei Juan Carlos é um grande colecionador de diplomas de DX e
construtor de antenas para as faixas de HF. Foto cedida pela IARU


Foto de Marcos Pontes (PY0AEB), primeiro “ 
 Astronauta Brasileiro  ”  .


FONTE DE PESQUISA .PY2GEA - Grêmio Encontro de Amigos

segunda-feira, 5 de novembro de 2012

invisibilidade do ser humano


Já faz um tempo recebi uma mensagem que me deixou comovido. Como a recebi de vários endereços diferentes, é possível que você também já a tenha lido, ainda mais porque, pesquisando no Google, descobri que a história é verdadeira e o texto é de 2004.
O caso é o seguinte: Fernando Braga da Costa, por sugestão de seu orientador de Mestrado em Psicologia, resolveu trabalhar como gari na própria universidade onde estudava para entender como esses profissionais eram vistos pela sociedade. Eis a conclusão, após 8 anos trabalhando na função: eles não são vistos.
A primeira coisa que Fernando observou é que mesmo fazendo tudo direitinho e vestindo o uniforme igual a todos eles, os colegas logo notaram que o moço era um estranho no ninho. A cor da pele, a postura, a maneira de falar, o olhar, tudo era diferente. Mesmo assim, ele não foi rejeitado. Pelo contrário; de alguma maneira, os garis da sua equipe o protegiam, reservavam para ele os trabalhos mais leves. Nunca chegaram a conversar sobre porque Fernando estava fazendo aquele trabalho, mas aos poucos ele conseguiu se integrar completamente ao grupo e até a fazer grandes amigos.
O fato é que o pesquisador constatou, emocionado, que as mesmas pessoas que o abraçavam e lhe davam a maior atenção quando ele estava em trajes “normais”, ignoravam-no completamente quando ele estava de uniforme e vassoura na mão. Não, ele não andava disfarçado ou coisa do tipo. É que os colegas não tinham como reconhecer Fernando, pois nunca olhavam os rostos dos garis. Era como se ele não existisse. Algo como uma versão contemporânea de Grenouille, personagem do memorável livro “O perfume” (Patrick Süskind) que não tinha cheiro, portanto nunca era notado. Tipos perfeitos e acabados de homens invisíveis.
Fernando concluiu que os profissionais que fazem serviços gerais, principalmente os trabalhadores braçais, são completamente ignorados. Ele conta que várias vezes conhecidos passavam muito perto, chegavam a esbarrar nele e nem ao menos se desculpavam. Desviavam do “obstáculo” como se fosse um poste, um orelhão. O povo do braço é considerado equipamento, objeto, parte da paisagem.
Fiquei pensando: será que a gente trata mesmo as pessoas assim? Todo o carinho do mundo para os nossos pares, o completo desprezo pelos que não são “da nossa classe”?
Quando um designer vai projetar um ponto de ônibus, será que ele considera a opinião dos garis? Das pessoas que montam a estrutura? Dos motoristas e cobradores? Ou apenas entrevista quem está esperando a condução?
Quando um publicitário vai fazer uma campanha para a prevenção da dengue, será que ele conversa antes com um varredor de rua? Quando faz um comercial de um banco, conversa com os vigilantes? Eles passam despercebidos mas vêem tudo de uma maneira que só os invisíveis conseguem, não se esqueça.
Quando um palestrante vai falar sobre alimentação saudável, será que ele troca uma idéia com o rapaz que carrega aquelas caixas pesadíssimas de verduras e frutas no Ceasa? Ou o pessoal do supermercado que arruma as maçãs? A moça que cuida da balança?
Você dá bom dia e sabe o nome do porteiro do seu prédio? Já bateu um papinho com o frentista do posto de gasolina? Cumprimenta e deseja bom trabalho ao manobrista do estacionamento? Sabe alguma coisa sobre a senhora que limpa o seu escritório? Lembra do rosto do cobrador do ônibus que você pega todo dia?
Eu sei, às vezes a gente não cumprimenta por timidez, não é desprezo (pressa não é desculpa, pois um sorriso não toma tempo nenhum). Mas pode ser interpretado assim, então é melhor ter mais cuidado. O Fernando publicou seu trabalho em 2004 e o livro se chama “Homens invisíveis”. Será que não devia ser leitura obrigatória nas empresas, nas escolas e, principalmente, nos cursos MBA?
Aliás, sobre o MBA, tem até uma historinha que circula por aí em que o professor diz que vai ter prova surpresa e a única pergunta é o nome do porteiro da escola. Um aluno pergunta se está valendo nota e ele diz que sim. Pois os alunos foram todos reprovados e me parece que o MBA era de RH, veja só como são as coisas…
Pois é, talvez a gente tenha que rever nossos hábitos. Se não para ser pessoas melhores, ao menos para ser profissionais mais capazes.
fonte:  www.ligiafascioni.com.br 
Recebi este Diploma em 24/09/2013 conforme abaixo: Olá caro amigo Edivaldo PY4BO! É com grande satisfação que enviamos a você um Diploma da AmBrasil, parabenizando pela presença na conferência. Forte 73 Administradores da AmBrasil
Clique aqui e conheça a Conferencia Ambrasil
AEROPORTO MINIATURIZADO - INCRÍVEL! Edivaldo Silva PY4BO
Local do lançamento: IPMet - Campus da UNESP - Bauru - SP (Google Maps) Latitude: -22.3579° Longitude: -49.0277° Altitude: 620m - Grid Locator: GG57LP CRAM TV 17 - Projeto Ícaro ZW2WEB Publicado em 30/04/2012 por PY2JF Cobertura completa do lançamento do balão metereológico do Ipmet que levou o Projeto Ícaro ZW2WEB. Entrevistas exclusivas com os radioamadores PU2MWD - Edson, PY2UEP - Demilson e PY2GN - William. Depois do lançamento em Bauru, viajamos mais de 100Km para documentar o trabalho dos escoteiros no "Controle da Missão" em Pardinho - SP.
CARTÃO QSL PY4BO
Formulário de requerimento: Serviço 400 - RádioAmador Clique aqui
Formulário de requerimento: Serviço 302 - Rádio Cidadão Clique aqui
Para Maiores Informaçoes, entre em contato com endereço abaixo, da LABRE -MG
Site: http://www.labremg.xpg.com.br Blog: http://labremg.blogspot.com e-mail:labremg2010@gmail.com Avenida Raja Gabaglia, 2121 - Fone (31) 3309-1721- CEP. 30.350-540 - B. SANTA LÚCIA -BELO HORIZONTE – MG
Sugestoes ou criticas: Fale Conosco

Nome:

E-Mail:

Assunto:

Mensagem: